Blackjack – A Winner’s Handbook

Jerry L. Patterson originalmente publicou o livro “Blackjack: A Winner’s Handbook” em 1977, embora o livro tenha sido revisado e relançado em três edições posteriores, incluindo sua última publicação, em 2001. Em sua última revisão, Patterson incluiu informações sobre os cassinos on-line, uma vez que há duas vezes mais cassinos on-line oferecendo jogo de blackjack que cassinos reais somente nos Estados Unidos. O autor sentiu ser essa uma etapa necessária em sua atualização do livro, uma vez que o objetivo principal da publicação sempre foi ensinar o leitor a vencer no universo dos jogos blackjack atual.

Blackjack: A Winners’s Handbook descreve várias técnicas de contagem de cartas, assim como um sistema de contagem reversa nos capítulos 14 e 15. Patterson também introduziu a idéia de “card-clumping”, uma nova estratégia mental para a maioria dos jogadores blackjack, cuja estratégia de contagem de cartas se tornaram obsoletas desde que os cassinos passaram a utilizar o embaralhamento aleatório. Essa idéia também desperta grande interesse na teoria de Patterson sobre as tendências do embaralhamento, encontradas no capítulo 7.

Os jogadores blackjack de todos os níveis acharão o livro Blackjack: A Winner’s Handbook muito informativo, e não apenas os aficionados pelo jogo que já dominam os outros sistemas e técnicas vencedoras como a contagem de cartas. O capítulo 11 contém dicas de gerenciamento do dinheiro e os capítulos 12 e 16 são dedicados ao autogerenciamento. Esse aspecto é muito mais importante que o jogador blackjack iniciante pode imaginar, o que o torna uma leitura valiosa.

Patterson descreve o jogo profissional nos capítulos 17 e 18, leitura essencial para qualquer fã assíduo do blackjack. Embora muitos jogadores blackjack tenham suas próprias idéias sobre a estratégia de aposta perfeita, o autor descreve a estratégia de aposta “takedown” no capítulo 13.

Blackjack: A Winner’s Handbook descreve uma idéia controversa chamada Target 21, desenvolvida por Eddie Olsen, uma estratégia blackjack sem contagem de cartas. Ele divide o blackjack em dois grupos: os jogadores “tradicionais” e os jogadores da “nova era”. Os jogadores tradicionais são aqueles que continuam a utilizar as estratégias de contagem de cartas do blackjack e esperam ganhar no longo prazo, enquanto os jogadores da nova era são definidos como jogadores que evoluem com o jogo de blackjack à medida que ele se modifica com o tempo e procuram por lucros no curto prazo. Embora seja uma leitura bastante interessante, os especialistas criticam o sistema Target 21 de Patterson por não ter base científica.

Enquanto a primeira edição de 1977 e a edição revisada de 1991 de Blackjack: A Winner’s Handbook já foi criticada por conter falhas, textos confusos e mesmo incompletos em alguns de seus detalhes, sendo que o próprio autor revisou pessoalmente grande parte do livro e encontrou erros de ortografia e de impressão. A última publicação de 2001 traz uma versão mais precisa e melhor editada. Em resumo, não compre as edições antigas. Compre a nova edição.

casino blackjack

US – Ignition