Peter Griffin

Peter Griffin - Gambling Ramblings

Quando pensamos nos livros sobre blackjack mais influentes de todos os tempos, você logo pensaria ter sido escrito por um jogador profissional e não por um jogador inexperiente e professor de matemática.

O professor Peter Griffin foi o jogador inexperiente que escreveu o livro “The Theory of Blackjack: The Complete Card Counter’s Guide to the Casino Game of 21. Ele é considerado uma das obras definitivas sobre pôquer desde o lançamento da obra de Edward O. Thorp, “Beat the Dealer”. Segundo as próprias palavras do Sr. Thorpe, “o livro é uma contribuição valiosa para compreensão do jogo, muito bem escrito e interessante, o que o torna uma leitura prazerosa”.

A teoria do livro para jogos blackjack básicos junto com as variações de contagem de cartas nunca foi confirmada em jogos reais, mas baseiam-se em observações e pesquisa combinadas com extensas teorias matemáticas e como a estratégia básica é descrita no livro de Griffin.

Em 1970, durante o tempo que permaneceu como professor de matemática, Griffin estava interessado em desenvolver um curso acadêmico relativo à matemática dos jogos. Um pequeno clube em Yerington, Nevada, foi o local escolhido para a pesquisa. Ele tentou formar a sua própria mão no blackjack, mas não foi bem sucedido. Em um dos trechos do livro The Theory of Blackjack, ele escreveu: “Não foi uma contagem de cartas bem-sucedida, apenas um erro de iniciante, pois eu ainda estava lutando para aprender a estratégia básica, explorando as ambigüidades do ás nas mãos boas e ruins”.

Griffin fez uma compilação das estatísticas de jogadores blackjack de Las Vegas, Reno e Atlantic City e as reuniu em um estudo comparativo. Ele descobriu que os cassinos tinha uma vantagem de dois por cento sobre os jogadores blackjack não-profissionais.

Os livros de Peter Griffin: Agitando o mundo do pôquer. Por intermédio da matemática, ele foi capaz de comprovar a maioria dos complexos conceitos do jogo em seu livro, com variações de apostas e estratégias, além de compará-las, por exemplo: a função do coeficiente de correlação, eficiência, correlação de apostas e eficiência estratégica e o equilíbrio adequado entre aposta e a força do jogo. As apostas proporcionais, os efeitos dos descontos nas perdas e uma análise de sistemas de jogos também foram teorizados.

Griffin descobriu que o conceito potencial de ganho para qualquer método de contagem de cartas é a correlação de apostas (BC) e a eficiência de jogo (PE), que podem dar para ao jogador um cálculo aproximado de uma taxa de probabilidade de ganho utilizando extensões de apostas sem simulações por computador.

Considerado por muitos leitura dispensável, seu senso de humor em toda a obra e seu estilo literário tornam seus livros acessíveis a qualquer leitor, principalmente jogadores de pôquer.

O livro seguinte, Extra Stuff: Gambling, Ramblings foi publicado em 1991. Outras obras publicadas de Griffin foram jornais científicos e artigos sobre jogos. O Institute of Casino Entertainment do Cassino Harrah em Las Vegas teve o privilégio de ter o professor Griffin ensinando matemática em seus cursos de pôquer.

Ele foi indicado postumamente ao Blackjack Hall of Fame em 2003, quando foi criado, por sua a contribuição ao jogo de blackjack. Ele faleceu em 1998 com 61 anos.

US – Ignition